Agraciado com os prêmios de 1º LUGAR no 14º Concurso Nacional Aldo Baldin (Florianópolis, 2014) e MELHOR VOZ MASCULINA no VI Concurso Estímulo para Jovens Cantores Líricos (Campinas, 2013), e finalista do X Concurso Nacional Villa Lobos (Vitória, 2013), iniciou seus estudos em canto no Coral da UFRGS, no ano de 2000, sob a orientação vocal da professora Rosana Lofrano. Posteriormente, integrou também o Coro Sinfônico da OSPA e o Madrigal do Departamento de Música da UFRGS. De 2006 a 2007, estudou no Conservatório Pablo Komlós (Porto Alegre/RS) com os professores Decápolis de Andrade (canto lírico) e Beatriz Gossweiler (Teoria e Percepção Musical). Em 2011, iniciou estudos de técnica vocal e repertório com o professor Carlos Rodriguez (Brasil/Holanda), e no mesmo ano foi um dos finalistas do 17° Concurso OSPA para Jovens Solistas e Regentes. Participou de masterclasses com renomados professores como Juremir Vieira (Brasil/Suíça), Luisa Gianinni (Itália), Martha Herr (EUA/Brasil), Homero Velho (Brasil/EUA) e Carlo Colombara (Itália), bem como das edições II, III e IV do Festival Internacional SESC de Música (Pelotas/RS). Em sua carreira destacam-se as participações na ópera Fidelio, de Beethoven, como o personagem Don Fernando, e na ópera Tosca, de Puccini, como Sciarrone, ambas junto à Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (agosto de 2013 e agosto de 2014, respectivamente); na Paixão segundo São João, de Bach, interpretando Pilatos, junto à Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro de Porto Alegre (abril de 2014); e na Missa Solene de Santa Cecília, de Charles Gounod, junto à Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul (novembro de 2014).

Carlos Serapião se destaca como um barítono de voz elegante e imponente, sendo membro convidado da Companhia Lírica VOX PRÓPOLIS.